O que é Straight Harp e Cross Harp

Quando você está com uma diatônica em DÓ (C), por exemplo,  e está tocando uma música que tem como escala principal a escala de DÓ  (dó, ré, mi, fá, sol, lá e si), você está em "straight harp".

Quando você está com uma gaita em DÓ (C), por exemplo, e está tocando uma música que tem como escala principal outra escala, a exemplo da escala blues de sol (sol, si, do, ré e fá), você está em "cross harp", ou seja, está "atravessando" a gaita em outra tonalidade.

Como tocar em Straight Harp (Escala de Dó em uma gaita diatônica em DÓ)

4s 4a 5s 5a 6s 6a 7a 7s  (equivalente a dó, ré, mi, fá, sol, lá, si e dó)

4s = quarto orifício soprado

4a = quarto orifício aspirado

Exercícios (Straight Harp)

Lembrando que deve-se tocar um orifício por vez, mantendo a embocadura de um orifício a outro, de acordo com as instruções abaixo:

4s 5s 6s 7s

7s 6s 5s 4s

4a 5a 6a 7a

7a 6a 5a 4a

4s 4a 4s 4a

5s 5a 5s 5a

6s 6a 6s 6a

7a 7s 7a 7s

4s 5s 4s 5s

5s 6s 5s 6s

6s 7s 6s 7s

7s 6s 5s 4s 5s 6s 7s

4s 5s 6s 7s 6s 5s 4s  

Como tocar em Cross Harp (Escala de Sol Blues em uma gaita diatônica em DÓ)

2a 3a 4s 4a 5a 6s  (equivalente a sol, si, dó, ré, fá e sol)

Mais tarde, com mais habillidade e controle de respiração, você aprenderá a alterar para baixo (de início) a nota, ou seja, diminuir a nota de meio em meio tom utilizando a técnica do "bend" (traduzindo do inglês: "curvar, baixar"). Aguarde instruções do seu professor para não fazer o bend de forma errada.

Exercícios propostos (Cross Harp)

Lembrando que deve-se tocar um orifício por vez, mantendo a embocadura de um orifício a outro, de acordo com as instruções abaixo:

2a 3a 4s 4a 5a 6s

Sobre o "2a": algumas pessoas têm dificuldade em tocar o segundo orifício aspirado, o que leva o mesmo a crer que seu instrumento está com defeito. Devemos lembrá-lo que todo tipo de instrumento tem sua dificuldade, como a firmeza nas pontas dos dedos do violonista, guitarista, contrabaixista, como a embocadura do saxofone, do trombone, e assim por diante.

Com a gaita de boca não é diferente! Você deve se esforçar ao máximo para obter uma boa performance, controlando a quantidade certa de ar para cada orifício para não distorcer ou alterar o som.

Continuando no Cross Harp:

2a 3a 2a 3a

3a 4s 3a 4s

4s 4a 4s 4a

4a 5a 4a 5a

5a 6s 5a 6s

6s 5a 4a 5a 6s

4a 4s 3a 2a

2a 3a 4s 4a

2a 3a 4s 4a 5a 6s

6s 5a 4a 4s 3a 2a

Acordes: (grupos de notas tocadas ao mesmo tempo)

Aspire ao mesmo tempo:

234a = (Acorde de SOL, representado pela letra "G")

Portanto:

234a = G

Sopre ao mesmo tempo:

123s = (Acorde de DÓ, representado pela letra "C")

Portanto:

123s = C

Agora toque:

G G C C G G C C G

Veja este exercício que é, na verdade, uma sequência de notas e acordes que simulam uma worksong (canção de trabalho escravo, berço primevo do blues).

As notas individuais simulam o canto de um escravo e os acordes simulam o "canto responsorial", ou seja, de resposta ao canto do solista:

1a 2a 3a 4s 4a         G C       C G

4a 4s 3a 2a 2a         G C       C G

É natural sentir este tipo de música ao tocar, mesmo sem ter nenhum tipo de instrução teórica musical. Ao decorar a sequência escrita acima, toque com o coração, consciente do equilíbrio da respiração e embocadura. Toque e você sentirá o blues nascendo de uma sequência de notas e de acordes simples.